Construção e instrumentação de pavimentos asfálticos submetidos ao Simulador de Grande Porte (SGP)

Juceline Batista dos Santos Bastos, Jorge Barbosa Soares

Resumo


A instrumentação com sensores é uma tecnologia relativamente recente para a pavimentação. Outra metodologia ainda embrionária no Brasil é o uso de simuladores de tráfego, no entanto, a sua utilização permite acelerar as falhas nos pavimentos em um curto espaço de tempo. Dessa forma, esta pesquisa visa apresentar a experiência quanto à construção, instrumentação e à aceleração das degradações nos pavimentos a partir da passagem de um Simulador de Grande Porte (SGP) no Ceará. Para isso, 02 trechos experimentais foram construídos e submetidos ao SGP, sendo 01 trecho devidamente instrumentado. Para avaliação dos dados obtidos pela instrumentação (pressão, deformação, umidade e temperatura), utilizou-se a programação Python. Por meio dos termopares foi possível perceber a concordância das temperaturas utilizadas em ensaios laboratoriais de materiais asfálticos, contemplando as temperaturas que ocorrem na parte inferior do revestimento asfáltico em campo. Os sensores de umidade indicaram que as camadas de base e sub-base apresentaram umidades cerca de 4% abaixo da umidade ótima. Os extensômetros e as células de carga permitiram determinar os valores de deformações e pressões. Por fim, incentiva-se o prosseguimento da coleta de dados por meio da instrumentação em campo, algo ainda incipiente no país.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5020/23180730.2019.9269

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
Revista Tecnologia, Fortaleza - Ceará- Brasil – E-ISSN: 2318-0730

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia